07 setembro 2006

O princípio da sabedoria



Sentem-me perdido. Sim, é o meu estado natural: perdido, como sinónimo de ser (e não estar…) em mudança permanente, que traça segmentos de recta, a cheio, na curva da vida que se vai desenrolando à minha frente. Como já referi noutros textos, para mim a evolução é uma espiral. Logo, nunca voltamos à mesma situação, nem na vida nem na História, mas percorremos fases que se assemelham em determinadas dimensões e se diferenciam noutras. Contudo, temos dificuldade em vislumbrar muito adiante, porque o nosso “raio de visão” não é curvo. Nós recebemos reflexos da luz do que está para além das curvas, uma imagem distorcida que poucos conseguem decifrar.
Bem, tudo isto a propósito do mundo inseguro em que vivemos, a todos os níveis. Há quem procure sempre um ideal que nunca se alcança, porque relativo. Há quem acredite que só Deus é absoluto. Há quem desista em diversos patamares da ascensão, ou porque não acreditam que existam mais andares, ou porque se contentam com a altura a que chegaram.
Muitos conhecerão a pirâmide de Maslow, a qual reflecte – provavelmente, digo eu – também o número de pessoas que se encontram predominantemente em cada nível. Será que competimos também nessa pirâmide? Poderíamos inverter a pirâmide, conseguindo uma maioria de pessoas auto-realizadas? Se calhar é possível, mas não no mundo em que vivemos actualmente. Existe uma aleatoriedade social, com influências multifactoriais, que nos deixa num aparente livre arbítrio. Sendo assim, a vida não é mais do que acasos, que nós procuramos persistentemente, ou não, controlar a nosso favor.
Como diz o povo: viver não custa, o que custa é saber viver. Será esta sabedoria aquilo que procuramos? Quero crer que sim, mas as receitas são muitas e a única que verdadeiramente funciona está dentro de nós.

17 comentários:

Nefertiti disse...

"... a vida não é mais do que acasos, que nós procuramos persistentemente, ou não, controlar a nosso favor."

Daniel, esta expressão encerra, na verdade, a definição de vida...
... e eu continuo incessante e incansavelmente a procurar a minha vida...

Um beijo.

Litinha disse...

"Sentimentos Implodidos"
O título cativa-me... será certamente a minha próxima aquisição literária... a avaliar pelos excelentes textos que aqui li, neste espaço, este livro será uma verdadeira preciosidade...
Felicidades e um beijo.

Kalinka disse...

OLÁ DANIEL

Regresso após algum tempo, para agradecer as lindas palavras de felicitações pelo nascimento do meu neto.
Muito obrigado.

Gostei de ler este post...é tão verdadeiro.
Receitas são muitas e a única que verdadeiramente funciona está dentro de nós...pois, eu ainda não encontrei a minha!
Beijokas.

Estrela do mar disse...

...este post é muito reflexivo...e ás vezes o melhor mesmo é não pensar muito...mas apenas e só o suficiente:)...


Besitosssssss e tem um bom fds.

Ah...esqueci-me de dizer no post anterior...PARABÉNSSSS PAPÁ!...

agua_quente disse...

Procuramos sempre, mesmo quando parecemos ter desistido.Faz parte da natureza humana. E afinal importante é cada um viver a vida o melhor que pode. :)
Beijos

Alvaro Gonçalves disse...

Oi amigo,

A receita para saber viver encontra-se dentro de cada um de nós, á espera de ser descoberta.
Desejo-te um feliz fim de semana e uma semana cheia de paz.
Xi - corações mil.

Doces Momentos disse...

Obrigado pela tua visira e pelo carinho.
Gostei do que li, e envio-te um beijo doce

poeta_silente disse...

Oi, amigo!
Sabedoria: a grande confusão da humanidade. A sabedoria ultrapassa a Ciência. Ela está na simplicidade e na essência do ser.
Gostei da comparação da vida com uma espiral. Não sabemos do futuro, mas o passado é o caminho, pelo qual, nos chegamos onde estamos.
O que importa, querido amigo, é vivermos a nossa vida com sabedoria. Tudo mais é "vaidade"...
Bjinhos
Miriam

Klatuu o embuçado disse...

O Maslow está mais que ultrapassado.

BlueShell disse...

Um bom fds
BShell
0o0o0o0o0

Laura Antunes disse...

Apenas te posso dizer o que sinto. Tu és um homem sensivel com um universo de maravilhas por descobrir, um homem que tem uma galáxia de emoções ainda por sentir..ou seja tu és lindo...
Assim recomendo a ausencia de regras e piramides e coisas assim..
Perdoa-me a ousadia, mas anjo, as tuas alegrias e tristezas tocam-me...
Quero-te feliz e no caminho da luz, onde apenas seremos nós, Despidos de Tudo..
Beijo do tamanho do MUNDO...

Silêncios disse...

Efectivamente...o que custa é saber viver, e mesmo qd achamos que já aprendemos, há sempre algo que nos faz vacilar e temer... Mas, há que encontrar respostas e saídas, caminhos, e nunca desistir das metas a alcançar, até pq qd acabamos de alcançar uma, logo outra se nos depara.
Para ti, fica um beijo

Kalinka disse...

OLÁ DANIEL

regresso para te ler, e também dizer que: Viver não custa, o que custa é saber Viver...
Ah...como a Vida me tem ensinado.

Hoje dia especial para Mim, caso queiras, passa no kalinka.
12-Setembro fui Mãe há 32 anos.

Beijos com ternura.

Paola Vannucci disse...

AMORES

Já tive muitos amores
Amores passageiros,
Amores duradouros
Uns alegria trouxeram
Outros tristeza deixaram

Sempre procurando alguém
Sem saber o por que
Muito menos o que

Amores chegaram
Amores passaram
Uns deixaram marcas
Outros muito marcaram

Ontem não sabia,
Hoje não sei.
Amanhã ?
Quem sabe,
Talvez encontrarei

Nesta busca incessante
Sem saber para onde ir
Um abraço a cada instante
Um beijo a cada dia

Em braços conhecidos
Outros ainda por conhecer
Me deleito e me deito
Entre prazeres e temores
Sem saber onde chegar

Princesa disse...

Caro Aladiah,

Se custa saber viver...
Quero acreditar que a nossa passagem por cá tem um propósito, uma finalidade.
Lembrei-me agora do filme "O efeito borboleta"...combina bem com a capa do teu livro e com o tema de hoje!

O meu lema? Tudo na simplicidade. Não sei viver de outra forma...
Um, beijo enrome e terno para ti e para os teus.

Princesa

dreams disse...

custa saber viver porque a maior parte das pessoas tem tendência a acomodar-se e a esperar que o que quer lhe caia no colo...
há que saber viver, arriscar e sonhar... cada vez mais alto e mais longe...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

Su disse...

li, reli....fiquei pensando....

jocas maradas de dias felizes