01 janeiro 2007

Eu, agora...

Foto: olhares.com

Porque, de olhos tristes,
observo o tempo que passa,
enquanto a minha alma anseia….
Sei que nunca desistes,
que não aderes à desgraça,
que procuras sonhar cada ideia…

Porque não se esquece,
sinto o sangue em cada laço,
e na vontade sou diamante…
No silêncio, a minha prece
pela liberdade, pelo espaço,
de ser eu a cada instante…

16 comentários:

Anónimo disse...

Lindo!
Um abraço apertado ,um silêncio cheio e...emocionei-me,isto toca-me,muito!
concha

Adryka disse...

Hoje em especial venho trazer-te um abraço e os votos de um feliz 2007. Beijinhos

Micas disse...

Observas o tempo que passa...o tempo não é importante qd os sentimentos são intemporais. Liindo como sempre Daniel.
Aproveito para desejar a ti e todos os teus queridos, um Ano Fantástico, de muita saúde, paz e muito amor. Que 2007 traga com ele tudo o que mais desejares.
Beijo grande

wicahpi disse...

descobri este blog por acaso, e queria apenas deixar uma pegada com um claro "fantástico!" escrito nela.
inspirador...

Su disse...

feliz ano de 2007

jocas maradas de palavras

Leonoretta disse...

ola daniel.
só agora apareço para desejar-te um bom ano.
é o cansaço do inverno que já pesa na roupa.

abraço da leonoreta

mnemosyne disse...

De regesso...deparo-me com um novo visual que me agradou bastante.
Mas mais que isso Daniel, para mim este é um dos teus mais belos poemas...não há olhos que não chovam a sua gota de corpo e alma - som de canto de cristal ou água corrente de sal...
Deixo-te um beijo terno e votos de um bom ano para ti :)

Ana disse...

Que sejas tu, agora, ... sempre , na liberdade de o ser , no espaço que deve ser o teu.
Que seja eu, aqui,... como sempre, para te ler.
Um beijo, Daniel.

pinky disse...

um grande beijo dee bom ano, que o passado seja isso mesmo, e o futuro seja olhado e vivido com esperança e muitos sorrisos!

Miauzinha disse...

Feliz 2007!!!!!
Tudo de bom!
Beijinhos

karla disse...

texto lindíssimo, daniel... :)

Alvaro Gonçalves disse...

Oi meu amigo, meu anjo,

Em teu outro post dizias que querias ser escritor, mas paraquê quereres ser uma coisa que já és, meu amigo és um escritor com alma de poeta.
Amei este teu post, como sempre.
Aproveito para te desejar um lindo dia de Reis, um doce fim de semana e uma semana cheia de paz, amor e muita luz em teu coração.
Xi - corações mil.

poeta_silente disse...

Oi, Daniel!
No post anterrior, quando fiz meu comentário, não estava em casa. Agora, sim. Posso comentar com calma. Em primeiro lugar, faço minhas as plavras de todos que já te disseram que és um escritor. Nada precisas mais... e... um livro diferente? tudo que vier de ti será diferente, caro amigo. Pq tens uma forma singular de colocar as tuas palavras, de uní-las de maneira que nos sentimos parte das poesias, dos pensamentos.
Linda poesia, esta. Sempre estamos a nossa procura... porque vamos nos perdendo em meio a tantas corridas e marcas, as quais nos vão mudando a cada minuto. E, se não o fizermos, nos perdemos da mesma forma.
Gostei muito.
Beijos ternos a ti e aos teus.
Miriam

dreams disse...

não quero acreditar num olhar triste, porque as palavras voam e pintam uma tela de todo o tamanho...

gosto muito de te ler e de te saber aí...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

p.s. etrás um vírus no pc?
porque não tenho tido problemas...

Lagrimas de prata disse...

Lindo o texto que nos deixas, mas fico com a impressão que este ano começou um pouco triste para alguns de nós...Bem, eu até tive que mudar de "casa".
Deixo-te um beijo

Laura Antunes disse...

ainda n te tinha visto e ainda nao te tinha dito Olá.
Olá Danie, és demais, sabes disso não sabes???
Beijo Laura