04 outubro 2007

A Viagem V


Foto de JCST
No parque de diversões, mudei de carrocel, sentando-me numa posição periférica. Olho para o interior da roda, apreciando todos os que tentam estar junto do centro. Onde estou posso olhar para fora e ter uma visão de grande parte das barracas de divertimento, de comes-e-bebes e de venda de todo o tipo de peças. Desejo ter a minha barraca, mas só tenho dinheiro para dar umas voltas no carrocel.
Não consta que esta feira esteja para acabar. As raparigas são cada vez mais bonitas e a alegria parece maior que a tristeza. Há gente de todas as idades passeando no terreiro. E é de noite que tudo parece ser mágico, como se a transgressão andasse no ar e fossemos sempre impunes da mesma.
Tentam vender-me bilhetes para outros carrocéis, mas eu decidi continuar por ali mais algum tempo.
O teu sorriso a 22 anos de distância foi um achado no meio da multidão. A tua alma, cruzando o céu, deu-me asas para ser imortal. E o amor continua a ser o que me prende a cada chão…

20 comentários:

Sophiamar disse...

e gostei muito da tua feira. também tenho uma no meu post. diferente! mas tenho.
Desejo-te um bom fim de semana e deixo-te beijinhossssss

sombra e luz disse...

..aaahhh....muito bem.

Vivam os dias em cujas noites tudo parace ser mágico...
A imortal liberdade levantaria voo do chão alado?

...e afinal, as raparigas são cada vez mais bonitas...

Alvaro Gonçalves disse...

Oi meu anjo,

Estou de volta, e passando por aqui para te ver e sentir, pois já estava com saudades e muitas mesmo, espero que esteja tudo bem contigo.

Amigo é aquele que não tem rosto, tem sentimento.
Amigo é aquele que não tem raça, tem coração.
Amigo é aquele que não tem preconceito e, sim, mãos estendidas.
Amigo é aquele que chora sorrindo na lágrima de nossa alegria.
Amigo é aquele que não tem hora , pois toda hora é hora.
Amigo é aquele que comemora mesmo por dentro estando triste.

Encontras-me no meu novo perfil, cujo endereço é http://umnovoperfil.blogspot.com , mas também está nos últimos artigos do Horizonte… o limite.
Então faz as malas e vem, espero por ti…
Beijos em teu coração.

Sutra disse...

Viajei pelo parque de diversões...
O amor é sempre o que nos agarra, que nos prende.

Daniel, tens o blog a permitir comentários só a quem tenha conta no blogger. Em breve vou cancelar esta minha conta e vou deixar de te poder comentar aqui :-( é que as pessoas que não usam blogger não te podem comentar :-(

Bj doce

Mary disse...

Sempre gostei particularmente deste tema e julgo que não deixei passar nenhum.
Este parece-me numa linha um pouco diferente dos anteriores.
...sentei-me um pouco num carrocel imaginário e deixei-me ficar...
Vi chegar gente, outros sairam...algumas pessoas permanecem no sempre dos dias...

"O Amor será sempre o que nos prende a cada chão..." e que nos faz continuar nesse carrocel de Viagem na Vida.

Tudo de bom,
MJose

JRL disse...

belo carrocel...

un dress disse...

.sempre as asas.

a importância da raíz e do VOO!!


beijO

Betty Branco Martins disse...

Querido Daniel

______o que se pode encontrar numa "feira"!!!______TUDO____mesmo só tendo dinheiro para umas voltas no carrocel

Beijo com carinho

Serpente Emplumada disse...

Ha muito tempo que não passava por cá, reencontro uma prosa, não menos recheada de momentos teus... []

Pink disse...

Bela esta "Viagem". Gostei especialmente das três frases finais. Um final com chave de ouro banhado a platina na última frase: "E o amor continua a ser o que me prende a cada chão". Lindo!

Um beijo pink :-)

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

Que o amor continue a "prender-te", livremente, em cada dia teu.
Beijinhos

Marlene Maravilha disse...

Passei para uma visita. Gostei do teu comentario no blog de uma amiga.
E o amor continua a ser o que te prende a cada chäo...bonito!
Linda semana!

Vera disse...

Que doçura!!!
Abençoado seja o vosso amor!

Um grande beijinho

Cristina disse...

Bela viagem Daniel...

:)

Um beijinhu e uma boa semana

Dar de Vaia disse...

"h� palavras que nos beijam como se tivessem boca"

xi

Rosa Maria disse...

Apenas sorrio perante a tua terna lembrança...
Fica um beijo

Vera Carvalho disse...

É o amor que te guia nessa viagem, que movimenta esse carrocel e te faz ver o brilho e a alegria dos dias. Que assim seja sempre :)
Um abraço.

Su disse...

que o amor continue....e.terno.....

jocas maradas....sempre

paula disse...

Que Lindo ... Como sempre . Que imagem tão doce e perfeita. Tens uma maneira tão diferente de tocar no Amor , nas memórias e seguramente em quem te lê e admira .
Admiro-te muito .
Beijos carinhosos .
Paula

lualil disse...

Ah o amor.. este sentimento que ao mesmo tempo nos dá asas e raizes! Saudades tuas.. continuas muito inpirado com sempre!
estive distante.. estou de volta!
beijinhus GRAANDES