08 dezembro 2007

Suspenso

Foto de Hugo Tinoco

A chuva cai nesta manhã de Outono. Frente ao mar, imagino os dias em que os sonhos poderão ser realidade. O coração cicatriciado pulsa sem desespero, pois os amores são sempre prémios que guardamos carinhosamente na memória dos sentidos. Quisera ter feito melhor, mas nunca fiz nada que merecesse arrependimento. Foi a livre escolha em cada conjuntura pessoal. Influenciado pelo meio social? Claro que sim.
As acções de muitas pessoas à volta do mesmo processo evolutivo, em termos de afectos e carências, podiam ter tido desenvolvimentos diferentes. Quando as olho, vejo que as possibilidades de amar são imensas. Cada uma transporta um pouco da nossa alma gémea, pois todos somos feitos da mesma massa. A conjugação de mais ou menos bocados vai-nos dando vislumbres de relações que serão sempre imperfeitas.
Poderíamos ser todos mais felizes? Com certeza. Mas, para isso, seria necessário abandonarmos o nosso egocentrismo, partilhando mais amor com os outros.
Ainda não perdi a esperança de um mundo novo…

22 comentários:

Ana disse...

Gosto da tua poesia. Gosto quando escreves textos como o de hoje. Defines a tua forma de viver a vida. Das tuas palavras desprendem-se uma imensa sensibilidade e esperança de um mundo novo.
Gosto de me contar entre aqueles que consideras amigos.
Um beijo , Daniel, enquanto espero a chegada da Arca :-)

un dress disse...

mais tolerância e partilha.


sim :)


praticar a esperança. também.



beijO

Kalinka disse...

OLÁ DANIEL

Há palavras que são momentos… e momentos que não precisam de palavras.

Blueshell disse...

´`E sempre tão bom vir aqui, meu caro amigo.

Parabéns
Beijsssssssssssss
BShell

Anónimo disse...

Os amores são sempre prêmios... concordo plenamente, Daniel e para cada amor um zelo específico. Se mais gente tivesse este despreendimento, o amor seria exatamente o AMOR, sem egoismo, posse.
Não vamos perder a esperança jamais. Beijos e parabéns por cada palavrinha escrita com tanta sabedoria.
Anne
http://www.anne_voce.blogger.com.br

imensa disse...

afinal o que nos move? uma sede infinita de quero mais, por isso também não perco a esperança de um mundo novo...

beijo imenso

Sophiamar disse...

Amigo

Há dias especiais, há horas especiais, há momentos especiais, há posts especiais. Hoje, ofereceste-me tudo isto. Obrigada, amigo!
Bem hajas pelas palavras que tanto bem me fizeram. Também não perdi a esperança de um mundo novo, sem hipocrisias, sem donos de verdades, sem arrogantes, sem aqueles que apregoam uma coisa e fazem outra...
e ainda há tanto disso por aí! Somos tão imperfeitos.
Beijinhossssss
Obrigada!

andorinha disse...

É fácil, frente ao mar, imaginar os dias em que os sonhos poderão ser realidade.
Não é fácil dizê-lo com palavras como as tuas.

Cöllyßry disse...

Quem sou?Sou Espirito aprendiz nesta viagem,onde a dor me transformou,procura lenta e delorosa se fez, mas valeu achei meu caminho em equilibrio e descoberta de quem sou...espero ter respondido...
Infelizmente o egocentrismo vai continuar, as sombras de guerra pairam no ar...assim o Humano o quer,curioso que está tudo escrito e redito vezes sem conta,mas a Humanidade cegou, cada um está por sua conta e risco...mas há algumas
excepções para quem alimenta tambem o Espirito, e penso que Tu amigo o fazes...
Meu doce beijo______________

E um terno olharIndiscreto______

somentebia disse...

Não perca nunca, meu amigo, a esperança de um mundo novo. Um sonho acalentado por todos que desejam um verdadeiro Mundo Azul é que faz com que o Universo inteiro conspire e atue no coração daqueles que ainda não se deram conta da importância da bondade gerando gestos, da tolerência criando situações, e do verdadeiro amor unindo os seres humanos.

Sobre a postagem anterior, sensibilizou-me a foto e os versos/homenagem. Um momento que o teu coração partilhou com aqueles que por aqui passaram. Grata por isso.

Ficam pétalas perfumadas e um beijo no coração, com os votos de uma semana ensolarada de alegria e realizações.

JRL disse...

E ainda bem, Daniel, ainda bem. E como eu gosto que me lembres que precisamos de nos lembrar... de não esquecer, de não nos esquecermos de nós, porque é de lutar por todos que se trata, e por nós também, porque só depois desse passo estamos prontos a lutar por quem mais precisa. Um grande abraço.

Ana disse...

"Só o amor justifica a vida..."
Já o sabia, mas a Arca confirmou-o.
Um beijo grande, Daniel.

Marlene Maravilha disse...

Eu também nao perdi a esperanca de um mundo novo, isso eu te garanto! Aguardo pela fé!!
Gostei muito!
Deixo-te um abraco

paula disse...

Poderiamos ser mais felizes ... Essa questão fica a pairar ao ler-te ... Como fariamos ? Teriamos que inventar outro mundo , onde sim, os sonhos fossem realidade .
Tocas-me sempre com a tua escrita e os sentimentos que ela carrega .
Virás tu de um amor impossivel ?... Seja como for , sei que em cada momento , deste o teu melhor , porque esse parece-me ser o teu caracter .
Não andei afastada , apenas em silêncio . Mas continuo a visitar lugares bonitos como o teu .
Beijos .
Paula .

maresia disse...

Outono, Outono, Outono...

Miosotis disse...

Nem eu... querido amigo! Nem eu...

Inventar novas pessoas, seres que se entreguem aos seus sentimentos, sem medos, sem desculpas esfarrapadas...

Viver os afectos que tantas vezes esquecemos de viver...

Sensibilizada pelo olhar afetuoso poisado em 'fragmentos'!

Um beijo

Loba disse...

Ótimo texto, Daniel! O mundo somos nós, então depende de nós mudá-lo. Tolerância, solidariedade e amor são ingredientes imprescindíveis para um mundo melhor!
beijos, poeta.

Rosa disse...

Eu estou contigo: ainda não perdi a esperança.

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

No NATAL não peço, mas dou quanto posso.

Feliz Natal e pacífico 2008.

Beijinho.

Alvaro Gonçalves disse...

Boa noite meu bom anjo amigo,

Passo por aqui deixando-te algumas petalas de flores silvestres perfumas com muito amor carinho.
Beijo em seu coração.

Paola Vannucci disse...

Aladiah!!!

Ola meu querido,

cá estou voltando as minhas boas leituras, maravilhosamente são seus escritos......

quero saber como faço para ter seus livros aqui na minha casa.............
Sua escrita seu sentimento seu desejo em alta continuam

mil beijos saudosos,

e tem um artigo baita lá no meu espaço venha me ler e seu comentário é muito importante

te amo

Paola

Ana Luar disse...

Mantem-te suspenso nessa esperança Daniel porque tudo tem um lado bom...