01 fevereiro 2008

De olhos fechados

Foto de Mar de Sonhos

Ouvi os risinhos sarcásticos da bruxa
que, ameaçando levar-me ao céu,
se apresentou esquecida da vassoura…
Quando mais não há fica a chucha,
enquanto tapo a tristeza com o véu
e me encanto como quem se agoura…

Imagino as peças dum puzzle no ar,
em movimentos de aproximação,
para se ligarem num momento…
Penso em novas formas de equilibrar
as forças e fraquezas do coração,
com a vontade que me dá alento…

20 comentários:

JRL disse...

olá querido daniel,
fazes-me mesmo lembrar um guerreiro... na senda da busca.. um beijo.

poeta_silente disse...

Oi, Daniel
Por motivos alheios à minha vontade estou afastada da net. Doença na família. Assim, minha cabeça não está liberada para grndes comentários. Mas, uma pequenita coisa posso te dizer: Nossa vida é um quebra-cabeças constante. Nosso lado emocional, nosso lado pessoal... sempre um ponto de interrogação e uma busca do ponto de exclamação.
Assim... por mais que possamos pensar que, um dia, vamos chegar ao resumo, nossa constatação é que este puzzle nunca termina.
Bjos
Deus te abençoe
Miriam

Vera disse...

E que a vontade nunca te abandone!
Muito bonito Daniel :)

Beijo

Vera disse...

E que a vontade nunca te abandone!
Muito bonito Daniel :)

Beijo

Vera disse...

E que a vontade nunca te abandone!
Muito bonito Daniel :)

Beijo

Sophiamar disse...

Pensar em novas formas de equilibrar as forças e fraquezas do coração é um dever de todos nós. As coisas do coração são fundamentais para o nosso equilíbrio.

Beijinhosssss

Betty Branco Martins disse...

____________querido Daniel



_____________nas forças da natureza____buscamos o iquilibrio_________que nos segura-guia e movimenta



beijO c/ carinhO

paula disse...

Estamos sempre a reinventar a nossa vida, as nossas buscas e as nossas vontades . E o amanhã há-de ser sempre um lugar melhor , porque o buscamos com sensibilidade e fé . Com coragem e verdade .
Devo agradecer as tuas palavras no meu blog . As tuas palavras simples mas carinhosas que me têm acompanhado há tanto tempo. Admiro-te , porque vejo em ti uma sensibilidade extrema e uma grande delicadeza perante as realidades da vida .
Vale a pena ler-te e ouvir-te .
És um grande poeta, porque escreves com o teu coração e com a tua força .
Beijos
Paula .

andorinha disse...

De olhos fechados te leio... e te descubro.

Descobre tu o que havia nesse final de Verão de 2002. O meu livro está aberto.
Um beijo.

Su disse...

...que não te falte o equilibrio...

jocas maradas...........

Sandra Daniela disse...

... que essa vontade que te da alento, persista e te encha de força, para ganhares o equilibrio

:-)

Leonor disse...

bom. depois de ler os teus comentarios a desejarem-te que nunca percas o equilibrio sigo numa direcção diferente. nao para ser do contra mas porque ja me aconteceu muitas vezes: perdi o equilibrio. o bom está em encontrá-lo de novo. se o perderes que o encontres. tenho a certeza que sim.
beijinhos

Anónimo disse...

Sustentemos pois a nossa vontade, enquanto ela nos dá alento, este alimentado por rastos de candura que ficam e os quais não há bruxa com ou sem vassoura, que consigam arrastá-los...
Fica um beijo


Aflordapele

teetee disse...

... é de olhos fechados, num olhar interior que encontramos as forças capazes de abalar qualquer dificuldade, vendo-a como um desafio...

Gostei deste espaço!

Voltarei

teetee

Miosotis disse...

Sempre com muita sensibilidade teus 'escritos'!

Não adianta pensar em 'formulas' mágicas de equilíbrio... vem a vida e tudo se desequilibra.

Sensibilizada pelo olhar afectuoso em 'fragmentos'!

Um beijo

Não se trata da Primavera... embora o Sol me seja imprescindível!

impulsos disse...

A vontade é o sustento da alma...
Enquanto se vai alimentando
Fortalece o coração
Que
Ainda débil e enfraquecido
Se vai erguendo devagar
E se enchendo de novo
De alegria e emoção
Exibindo orgulhoso
A sua alma
Agora... renovada!

Beijo Daniel

Rosa disse...

Abre-os. Os olhos...
Beijo

Luana disse...

nem tudo o que parece é, e por vezes, sob o manto da escuridão, pode estar escondida a luz, na esperança de que olhes com os olhos da tua alma...

um beijo doce, de uma bruxa...

Black Rose disse...

A força esta dentro de ti e dela depende o teu equilibrio...

Ana Luar disse...

Vidas vividas de olhos fechados... que nos abrem os olhos para outras vidas.

Beijo eterno em carinho