19 abril 2008

Histórias de Mudança 2

Foto de Raul Alexandre


Estou cansado e tenho sono, mas não posso parar.
Mais vezes do que era habitual vivo nas fronteiras de uma realidade, que tem muito de alternativa. No meio da normalidade, que uma vida familiar nos traz, encontro golpes de asa, que tudo arrastam na turbulência, ameaçando tornar efémero tudo aquilo que imaginamos perene.
A minha capacidade de produzir vai sendo aproveitada por tantos… Mas não importa, pois sempre acredito que a recompensa está a caminho… E já tive muitas, mas falta o essencial, ou talvez não. Porventura aquilo que eu desejo me esteja vedado, não fazendo parte dos desígnios desta vida. Ou, se calhar, já tive e desperdicei, nesta ou noutra vida.
A esperança é verde, mas a paixão é vermelha! Ambas eu acolho no meu coração.
E, se mais não houvera, eu continuaria a sonhar até que o sono vencesse e me atirasse para as masmorras do inconsciente.
Ouvem-se acordes de piano… talvez seja eu a dar um concerto para uma nova paz, para uma nova alegria. Não ouvem?...

19 comentários:

Pink disse...

Ouço os acordes de piano e parece-me ler um certo desencanto por entre as linhas do teu escrito ... Anima-te, continua o teu caminho sem deixares o desencanto interferir negativamente. Na verdade, para apreciarmos as vitórias e as coisas boas há quem diga que temos de experimentar coisas menos boas ... Provavelmente é esse o caminho.

Gosto de te ler. Hoje tirei um tempinho para visitar alguns blogs amigos.

Beijo Pink :-)

Adryka disse...

Nunca te esqueças que depois de um anoitecer existe sempre um amanhecer. Bjs

Amilcar Garcia disse...

Saludos!;O desencanto pode ser fonte de inspiracion... Agrada-me teu blog! até já!

eremita disse...

ouço e percebo bem o sentido do texto e o que sabe bem é sabendo-nos espoliados,no coração florescer a consciência de que desígnios maiores do que zangas,ódios ou rancores são os nossos e por eles viver.
Se quseres passa no Eremitério. Temos um jogo em curso, a partir de 12 palavras escolhidas por 4 pessoas diferentes cada participantes escrever um texto - prosa ou poesia. O 1º jogo está postado, a recepção para os textos do 2º é até dia 23 do corrente.
Considero-o um auto-desafio-jogo-lúdico. E mais de 2 dezenas de amigos da blogosfera participaram no 1º e no 2º o nº aumenta, sendo que os textos são bons.
Fraterno abraço

Maria Papoila disse...

"A esperança é verde mas a paixão é vermelha! Ambas eu acolho no coração."

Gosto de si. Esta frase é a sua definição como pessoa.

Beijinhos embrulhados em abraços

paula disse...

Na tua escrita há sempre uma linda melodia de fundo, tantos sonhos, esperança e uma imensa força . Por isso te admiro e gosto tanto de te ler .
Beijos para ti ,
Paula

Ana disse...

Ouço! A esperança e a paixão que gritam dentro de ti. Esse concerto para uma nova paz, que nos ofereces nas palavras que aqui deixas.
Um beijo, Daniel.

TCHI de Tchivinguiro disse...

Ouve-se e bem.

Tu és autêntico.

Melodias únicas estas entoadas por ti.

Que a esperança passe, se concordares, para tons de azul (suaves).

Que a paixão continue em cor rubro.

Que uma e outra tu continues a saber bem-acolher.


Beijinhos.

Irene disse...

Perfeitamente audível! Continua sempre o teu concerto...

lucia disse...

concordo com o teu comentario no meu cantinho, acho que nasci do avesso, tenho o inferno permanente. enfim

temos sempre uma recompensa, acredito nisso, senão ja teria desistido.

beijo amigo
*

Bia disse...

Estou a ouvir as notas de um piano, sim, meu amigo! E chegam aos meus ouvidos os acordes da paz e da esperança, em sons que tuas mãos retiram do teu coração e faz soar no espaço, dizendo que o tempo da bonança está chegando...

E tu, não ouves essa bela música de fundo? Escuta esse lindo trecho: 'você está nos braços de um anjo, que você encontre algum conforto aí'.

Esta música, amigo, diz tudo!

Deixo-te sorrisos e pétalas, enfeitando e perfumando as horas do teu dia, junto de todos aqueles a quem amas.

Betty Branco Martins disse...

querido________Daniel





.o


piano




se faz



.ouvir





com melodias novas




por vezes



temos que escutar





uma.vez.mais.uma.vez


e.outras.ainda_____para





que sejam



entendidas_______...









beijO____c____carinhO

un dress disse...

ouço.

perfeitamente.

e dan Ço :)






beijO

Paola Vannucci disse...

Aladiah

querido
a musica ensurdecedora dos meus instintos
fogem com o som dos seu chamado,
perdera-se num oceano cheio de revoltas
pois aqui eu não o tive
seu grito ecoa em meu coração

beijinhos

PAola

JoJosho disse...

See Please Here

Sophiamar disse...

Passei para te ler e deixar um abraço.
" A paixão é Vermelha". Vive-a com intensidade.

Beijinhos

lucia disse...

continuamos a ouvir..

beijo, querido Daniel*

Anjo De Cor disse...

São fases, às vezes parece que estamos em dois mundos, mas felizmente tudo passa ...
Beijinhos**
Sónia

Esyath disse...

Daniel,

meu querido, lendo me vejo. É tão estranho que nossas produções, nossos pensamentos, simplesmente por vezes sejam mais compreendidos e utilizados por outros que por nós mesmos. Me pergunto se isso é uma recompensa ou uma lição, para que compreendamos que não estamos conseguindo enxergar com clareza a verdade que já nos habita... Espero logo encontrar as respostas...

Beijos (Des)conexos!