13 outubro 2008

A vida é um ramo de flores

No meio da roleta
de anjos celestiais
e de anjos caídos,
ouvindo a trombeta
de tantos madrigais,
sentimentos perdidos…

Eis-nos perto do cume,
em que a dor se esquece
e do sonho é aurora…
Asas livres do lume,
novo dia amanhece,
outra luz é agora…

O querer é tão forte,
que vencido é o vento,
que sopra a desgraça…
E sem perder o norte,
firme neste alento,
de amor e de graça.

E porque estou cansado
da luta permanente
entre sangue e razão…
Afirmo o passado,
no desejo presente
de tomar tua mão…

O mal será vencido
na disputa real
deste jogo sem fim…
E fazendo sentido,
que nada é igual,
será sempre assim…

Oh, dolosa tristeza,
que me fazes gritar
de louca impotência!
Mesmo nesta incerteza,
sei que vamos ganhar,
há que ter paciência…

O mundo faz e diz
as almas padecer
por falta de amor.
Mas em cada cicatriz,
no fundo do meu ser,
nascerá uma flor…

40 comentários:

Annie dos Ventos disse...

O mundo não padece pela falta do amor...
Padece pela falta da percepção do amor...
Lindos Ventos e cafunés pra vc :)

Anjo De Cor disse...

Este poema tocou-me particularmente, reflecte um pouco uma fase da minha vida ... gostava de acreditar que em cada cicatriz nascerá uma flor... ;)
Bonito e obrigada, foste uma lufa de ar fresca ;)
Beijinhos
Sónia

© Piedade Araújo Sol disse...

muito bonito.

e se em cada cicatriz nascer uma flor, então ainda há esperança para um mundo florido.

um beij

Adryka disse...

Frantastico, amei o poema. Beijinhos para ti

mundo azul disse...

"...nascer uma flor de cada cicatriz..." Que linda essa imagem!!!


Gostei do seu poema! Triste e belo...


Beijos de luz e o meu carinho!

Betty Branco Martins disse...

.querido Daniel






com.toda.a


certeza






nascerá uma





_____________flor







_____recebe com muito carinho


um ramo de flores


____________...







beijO____

Beatriz disse...

Nascerão muitas flores, amigo querido, não só pelas cicatrizes, mas também pela luz desse teu coração que abriga tantos sentimentos ternos e lindos.

Um poema doce, sentido, profundo, como todos estes que tua alma nos vem sempre presentear.

Fica um raio de sol para brincar entre as flores do teu coração, e um beijo meu, com carinho.

Paola Vannucci disse...

As flores brotarão da terra assim como o amor para a vida,

Aladiah

saudades de ti

mil beijos

Paola

alma solitaria disse...

Ola esse blog mudou de dono,mas pode comentar a vontade gosto de fazer novos amigos abraço.

Cláudia disse...

Só porque me apeteceu deixar um beijinho grande. ***

Multiolhares disse...

é pela dor que se chega á luz
é com amor que se materializa essa luz
beijos

Anónimo disse...

Quando cheguei ao final do poema... aplaudi. Verdade. Você pode imaginar uma pessoa sozinha na frente do computador... batendo palmas? Pois foi o que seu poema provocou.
Lembrando Santa Teresa d'Ávila: Nada te turbe...

Beijos, carinho,
AdéliaTheresaCampos

Simone disse...

Olá!!! Estava visitando uns blogs amigos e encontrei o seu!!! Adorei!!! Bjos no teu coração e bom domingo pra ti!!!

Ana disse...

Só tu para fazer nascer flores em cada cicatriz. Por isso te deixei algo na Encosta do Mar. Vai lá buscar o que é teu e... merecido.
Um beijo, Daniel.

Miosotis disse...

Não sei onde vais buscar a esperança, depois das cicatrizes... difícil!

Sempre sensível e pleno de paciência pelo porvir!

Um beijo,

... deixei-te um 'gesto amigo'...

paula disse...

Passei para deixar um beijo carinhoso . Volto sempre aqui , porque aqui encontro pureza, beleza, sensibilidade ...
Beijos grandes para ti
Paula

imensa disse...

tocou-me particularmente,

então a musica...

beijo imenso

impulsos disse...

Daniel
A tua força de acreditar faz com que a vida te sorria, até nos instantes em que tudo parece perdido...

O teu poema é um testemunho de fé e esperança!

A música é perfeita!!

Beijinho meu

Tiago R Cardoso disse...

belíssimo momento.

Black Rose disse...

Inspirador...

andorinha disse...

Da tua força e persistência, nasce a flor da esperança.

Beatriz disse...

passando, relendo, partindo... mas deixando um raio de sol a brincar na tua tarde e uma estrela enfeitando os teus sonhos.

Parapeito disse...

... "Mas em cada cicatriz...nascerá uma flor"...

Basta Acreditar..

* Através da Lena vim até aqui e gostei deste Humores.

**

Cöllyßry disse...

O amor anda sumido dos corações,são tantos os problemas que as envolvem...

Uma flor para Ti

Beijitos


olharIndiscreto

vero disse...

Que saudades eu tinha de te ler meu amigo :)

Beijinhos

Betty Branco Martins disse...

.querido Daniel




um




beijO







.e______uma






linda flor:)







bSemana

á flor da pele disse...

A cada flor, uma certeza...
Estás no topo da consciência do Amor..
Fica um beijo

Anjo De Cor disse...

Voltei a leer este belo texto e sem dúvida é tocante ....
Beijinhos e bom final de semana ;)
Sónia

Malena disse...

La vida, nuestra vida, es una continua lucha entre sentimientos y emociones encontrados, que van dejado heridas en nuestro ser.
Lo importante es tener la suficiente fuerza y enterza como para saber sonreir y dejar que en nuestra alma vayan creciendo flores.

Precioso poema, Daniel.

Malena

P.D/ Entré a través del blog de Betty. Otra gran poeta.

Sandra Fonseca disse...

Como a beleza da pérola, que é a cicatriza de uma ostra. Lindo esse poema! Lindo!

vero disse...

Voltei para te ler novamente como me faz bem este poema... beijinhos meu amigo

Miosotis disse...

... também tu tens andado 'arredado' de teus espaço...

Um beijo amistoso,

... esperando que tudo esteja bem!

Betty Branco Martins disse...

.querido Daniel







(.vai ao "Fragmentos" procura e clica no link do_____"Fragmentos Betty Martins. últimas publicações" e procura o teu link



__________depois diz-me se gostaste?





beijO____C___carinhO

Beatriz disse...

Passando, relendo, partindo, mas deixando um raio de luar nos teus sonhos e um beijo no coração.

© Piedade Araújo Sol disse...

passei e deixo beijo.

Micas disse...

Magnífico. E sim, nascerá uma flor, são elas que nos fortalecem e nos fazem acreditar que o amor a tudo vence.

Fica bem.

Beijinho

Jorge Aragão disse...

Ora meu caro, descobri finalmente o teu propalado Blog.
Sim senhor...
E muito bem frequentado!!!!
Sucesso e um abraço.

rouxinol de Bernardim disse...

Tão simples, mas tão cheio de magia, de encantamento, de fulgor!

Os meus sinceros parabéns!

leonoreta disse...

ola daniel.
mais um lindo poema acerca depersonagens transcendentes e imanentes...

claro que temos de mudar mas quando me faço exigente nas mentalidades de estatura pequena na minha sala de aula dizem-me que sou anti pedagogica.

beijinhos

Anónimo disse...

vai ao primeiro verso da sexta sextilha do teu poema
depois apaga este comentario.
beijinho
leonoreta