21 dezembro 2010

Ontológico

Boas Festas!

Foto de Reynaldo Monteiro

Quando uma imensa tristeza
atravessa o nosso pequeno mundo
e a vida nos faz questionar…
Cobre-nos o manto da incerteza,
mesmo quando procuramos fundo
algo sólido que nos possa apoiar…

Quando a luta se eterniza
e a cada passo a meta se afasta,
tornando-nos presa fácil da morte…
O corpo definha, a mente agoniza,
num mar de retórica gasta,
e o mérito não vence a sorte…

Mas se a atracção tudo explica,
então eu quisera ter mais,
e sou o molde da minha mão…
Sem alma esta dor não se aplica,
por tal almejo o que desejais,
tudo vendo na forma dum coração…

14 comentários:

fs1 disse...

Quiséramos todos ter mais, querido Daniel... E tu tens. Mais profundo. Mais honesto.

Moonlight disse...

Querido Daniel,

Venho te deixar um abraço e um sorriso.
Lindo este teu poema!Que haja em todos nós um grande coração.
Um Feliz Natal.

bjinho cheio de luar

mar revolto disse...

Olá Daniel, há quanto tempo, né?
Vou-te responder ao comentário que me fizeste no meu penúltimo post. Não foi apenas sonho, foi mesmo realidade e agora senta-te e prepara-te para a novidade..., de Junho a Outubro andei por todos aqueles locais em Lua de Mel, e esta hein? eheheheh
Continuas a fazer das palavras um bailado.
Desejo-te um Feliz Natal e para 2011 o MELHOR!!!

Beijinhos

© Piedade Araújo Sol disse...

muito profundo e cheio de sensibilidade.

um bom ano de 2011

beij

poeta_silente disse...

Um abençoado ano de 2011, Daniel.
A paz de Jesus Menino esteja contigo.
Abraços
Miriam

Esyath disse...

Daniel,

como sempre um verdadeiro poço de profundidade e lições...

Francamente acho que a vida é uma estrada cheia de surpresas e não adianta supormos que sabemos o que nos aguarda, pois no fundo não sabemos... Por tantas vezes você luta tanto por algo e no fim mu itas vezes acaba apenas por descobrir que o destino roubou de você a chance de ser feliz com a vitória... O importante de verdade é nunca desistirmos de nós mesmos...

FELIZ 2011!!!!

Espero que sejas muito feliz e realizado ao longo desse ano!

Beijos (Des)conexos!

Multiolhares disse...

espero que o teu natal e ano novo tenha sido passado em harmonia
beijinhos de bom ano

BlueShell disse...

...quando a dor se abate....cega-nos para a esperança!

meu querido amigo: sei que cada um deve procurar a sua felicidade...mas...repara: o meu marido tem um tumor no intestino. Já fez químio, radio e agora será operado na 1º quinzena do mês, no IPO, Coimbra!
E eu tenho medo, Daniel...tenho muito medo, sabes???
e o meu poema fala um pouco disso mesmo. Quero que ele tenha forças para lutar contra a doença, por mim...pelo amor que me tem, entendes???
Não chores comigo: reza comigo, Daniel, reza!
Um beijo
BShell

Adryka disse...

Daniel este poema é muito triste, tu estás triste! Ninguém escreve alegrias quando está triste...Não sei o que te perturba. Espero que ultrapasses.
Um grande abraço e votos de um feliz ano de 2011. Beijinhos

Mel de Carvalho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mel de Carvalho disse...

Daniel,
cabe aqui um agradecimento enorme pelas initésimas vezes que visitou os meus espaços e pelas suas palavras sempre generosas.
Cabe ainda uma palavra sobre o que publica e sobre a sua inequívoca qualidade.

Um excelente 2011, um abraço amigo
a minha sentida gratidão pela companhia.

Mel

Catty disse...

olá Amigo , hoje voltei .....a vir visitar-te ....voltei a escrever-te. Não importa o tempo que passou, SOU EU...a mesma...amiga.... E volto a ver-te sempre inspirado, e gosto sempre das tuas palavras... Lindo...

A VIDA É BEM MAIS DO QUE ESTE BLOGUE QUE ME DÁ BOAS RECORDAÇÕES,

mas tantas outras coisas, e pessoas, também me dão BOAS RECORDAÇÕES,

O meu sorriso está igual ...uma ruguita talvez... Bjo Amigo

Ana disse...

Quem vê tudo na forma dum coração, merece que a viagem seja feita de dias felizes!
BOM ano, querido Daniel !

Anjo De Cor disse...

As festas já lá vão... mas não podia deixar de te desejar um excelente 2011 cheio de novas palavras ;) e tudo aquilo que mais desejares.
Beijinhos*
Sónia