11 maio 2013

Anjo condenado?...


Só. Condenado?...
Pela primeira vez muitas coisas acontecem, fruto de um processo de mudança que ainda não terminou.

A minha alma sofre. A minha mente sofre.
A minha alma não mente. A minha mente quer enganar a alma.

Só... poderei ser bem sucedido.
O tempo deixa as suas marcas, mas também nos ajuda a ultrapassar tudo.

Só... quero um amor.

2 comentários:

Anónimo disse...

A mente a querer enganar uma Alma que não mente...
Escolha a verdade da Alma!

Miosotis disse...

Querido Daniel,

Processos de mudança são lentos, quase sempre doloridos.

O tempo ajuda... mas não cura. Alma não mente, por isso entendes sabes o que escrevo.

Quanta saudade de te ler em 'fragmentos'! Foi muito bom! Muito obrigada.

Um beijo