18 julho 2013

Take care with love


Quantas vezes o amor não quer nada comigo. Procuro-o, desejo-o, mas ele brinca com os meus caracóis e foge. Para quem sempre desejou amar e ser amado, intensamente, tudo se vai resumindo a pouco ou nada... sem que faça sentido todo o esforço e dedicação.
No entanto, continuo como sempre, a acreditar que tudo é possível, até o amor.

3 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

e acredita sempre, porque no acreditar está a esperança...

logo ao virar a esquina o amor aparece...

:)

Anónimo disse...

Vai surgir!

Laura Antunes disse...

Sempre vivi assim, muito embora tenha tido os meus momentos negros. Será mesmo possível?
Beijo Laura