31 março 2014

Sinto...


Sinto uma nova vida que emerge das dificuldades da anterior. Um ciclo que termina, outro ciclo que começa. Sempre assim é, sempre assim será... não deixo de querer a mudança, a qual pode ser a fonte da nova estabilidade.

2 comentários:

Anónimo disse...

Acredite!

© Piedade Araújo Sol disse...

há mudanças que magoam, mas, se calhar muitas vezes necessárias.

:)