29 agosto 2005

Agosto

O Agosto terminou com as Histórias da Madrugada 62...

11 comentários:

Vampiria disse...

Alo, Daniel, achas mm que etou no caminho certõ?Ainda bem que gostaste do meu novo espacinho. Nao vou comentar pois esta semana começou mal e nao tenho grande cabeça, um beijo
Vampiria

H. disse...

eu ainda sou esse menino, de certa forma...

bonita história *

Gaivota disse...

Sonhamos todos com o amor, de uma maneira ou outra. E sonhamos que podemos ser diferentes.
E chaga um dia que temos as perguntas todas trocadas. Porque no final só queremos saber para que é que existimos.

Quanto mais nao seja existimos para sonhar...

Sonha muito e nunca mates esse menino dentro de ti (porque eu acredito que todos temos um pouco dele dentro de nos)

Um beijo

vulnerable disse...

A questão que nos últimos dias me tem atormentado... acredito no destino... que temos um objectivo a cumprir na nossa vida... mas qual? Será que não podemos viver sem sofrimento...

Beijo

SereiaPerdida disse...

Tb tenho tantas perguntas...
lindo texto, bjinhx

Iluvatar disse...

As questões que nos inundam...
de todo o maravilhoso texto... sim, porque as tuas histórias da madrugada são fabulosas, prendi-me neste pedaço:
"Esta vida é uma caminhada de aperfeiçoamento para quem crê noutro destino mais além… e por que razão temos que nos aperfeiçoar? Por que fomos feitos imperfeitos? E se tudo fosse perfeito? Será que teríamos de amar alguém de uma maneira especial?"
O poder do sonho não é?
grande abraço...

La Luna disse...

talvez eu também seja também um pouco como esse menino,embora me disfarse...
e quem não procura o amor?...
lindo!
beijo

Å®t_Øf_£övë disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Å®t_Øf_£övë disse...

Daniel,
Voltei... vejo que por aqui continuas com a tua escrita fascinante que nos cativa a todos.
Abraço.

Paula disse...

Olá Daniel,

Tantas são as perguntas que fazemos...mas mesmo assim, continuamos a acreditar e a sonhar com o amor... lindo texto (como sempre)

beijinhos regressados de férias

TMara disse...

as crianças perguntam muito e buscam muito.Qnd crescemos aprendemos k devemos procurar + dentro de nós, inclusivé o amor, todos os amores. Ama-te a ti mesmo e os outros amar-te-ão.... Bj grande, de volta a esta tua casa.