15 dezembro 2005

Voltarei aqui de novo, mas agora quero ir...

Já vejo de novo o ponto de partida. Muitas horas de vôo depois, chego em tempo de turbulência, mas com a noção concreta do que se passa no mundo dos anjos. Não é fácil o exercício de ouvir tantas histórias, que se repetem num coro que se torna avassalador, em que o amor parece espuma que se escapa entre os dedos quando queremos aprisioná-la. E as almas que visitamos transformam-se em afagos carinhosos, que merecem uma atenção especial. Numa procura aleatória vão-se construindo redes em que nos identificamos pelo sentido do que escrevemos, permitindo juntar reflexões que se enriquecem entre si, tornando-nos mais completos, mais globais. É como se em cada texto visitado encontrássemos pedaços de nós, espalhados por aí. E, por ser verdade, quero agradecer-vos essa dádiva de atenção que tanto bem me fez, assim como espero ter contribuído para que encontrassem algum conforto aqui.
Como sabem os que me acompanham há muito, esta música foi a primeira que aqui esteve e durante muito tempo virtual, sendo a que considero oficial do blog. A letra ainda está nos arquivos. A necessidade de tornar o blog mais leve para gravações, levou-me a apagar dezenas de posts e fotografias. Perdoem-me os que ainda gostam de recordar alguns textos mais antigos, mas talvez em breve, eles possam estar publicados em livro.
Um feliz Natal a todos e um bom ano de 2006, que possa ser a concretização de tudo o que foram amadurecendo ao longo deste 2005 tão extraordinário, quanto doloroso. Mas a verdadeira mudança implica sempre alguma dor, pois precisamos de vencer resistências de todo o tipo e gerar algo novo que não sabemos, inicialmente, o que será em toda a sua amplitude. Contudo, o caminho está à nossa frente, esperando só que o percorramos.
Até sempre…

21 comentários:

Raquel V. disse...

Recordo-me perfeitamente que um dia te agradeci o facto de estares entre os que comentavam o meu blog. E escrevi-o porque a qualidade do que lia em ti, me dava essa "sensação de honra".
Espero por esse livro... espero pela concretização ou amadurecimento dos teus desejos e sonhos, porque a cada pessoa que o consegue, é para mim a certeza de que também eu serei capaz de um dia atingir os meus próprios sonhos.

Um beijo

Laura Antunes disse...

Apenas te posso dizer que neste momento estou a chorar. Apenas te posso dizer que és uma das pessoas mais brilhantes e sensiveis que já "conheci". Apenas te posso dizer que te entendo do fundo do meu coração e que dava um pedaço de mim para te ver sorrir novamente. Apenas te posso dizer que te sinto como um pedaço de mim que perdi nesta caminhada complicada que tem sido a vida.Apenas te posso dizer que já sinto a tua falta. Adoro-te adoravel criatura que tanta sensibilidade transmites com o que escreves e pela forma como ves este mundo.Talvez um dia, talvez nunca, em mim nunca ficarás esquecido. Laura

Paula disse...

passo ante passo que 2006 se revele... que o caminho se precorra...
obrigado pela companhia ao longo de 2005

bjinhos

Ana disse...

Foi um prazer acompanhar-te ao longo deste tempo. Vou sentir a tua falta.
Que o livro se concretize.
Que 2006 seja um ano de mudanças não dolorosas.
Um feliz Natal para ti, Daniel.
Beijos.

Delírio da Loirinha disse...

Querido Daniel!
Vais partir de vez?
Vou ter saudades de te ler...
Esta musica para mim ficou para sempre associada a ti... Ao meu anjo da guarda...
Beijinhos doces

I disse...

é tão curiosa essa sensação que sentimos de ler pedaços da nossa alma aqui e ali, ao lermos alguns textos de outras pessoas. Muitas vezes o senti ao ler os teus textos e por isso lamento caso seja verdade o que entendi: que este blog irá terminar.

Maggie disse...

Confesso que terie saudades de ler as tuas doces e belas palavras. Por vezes sentimos necessidade de partir, se assim te sentes vai e, quando voltares aqui estaremos para ter ler e visitar como tem sido até hoje. Um beijo na alma.

Adryka disse...

Mais meu amigo isto é apenas um post e não uma despediada!!! eu n/ me acredito que te vás por favor Daniel fica :).
Beijinhos amigo

Maria do Céu Costa disse...

Daniel, uma pausa por vezes é necessária e até faz bem. Mas a vontade de "escrever" vai falar mais alto. Beijinhos.
Até sempre.

Paola disse...

Pausa para Sarah Mclachilan, meu querido agora vc me seduziu inteira, meus Deus Angel, não poder.......... não li nada agora estou aqui a escutar pela 5 vez essa música, meu querido vc tem os cds dela????? Eu tenho quase todos, e gosto muito escuta o primeiro cd dela Touch, é bábaro........

olha depois eu leio tá......rsrs

Paola disse...

Agora escrevo ao Daniel
Aladiah!!!!
completa-me com os seus sentidos, gostaria de saber a raz~~ao do seu enraizamento?Sua solidão me abala e me prende, como numa toxa que está sempre a partir rumo a felicidade, agradeço a Deus por conhece-lo, nas páginas da net, você, meu querido , um homem tão completo, cheio de anceios e desejos.... Me admira a luta pelo Amor e Paz aomundo.
Agradeço a Deus e a vc por dividir o Aloha, por ceder seu espaço de tempo para que possa tb realizar-me.
Seu livro já está publicado, um Anjo bom veio confidenciar-me, nosso livro Deus me disse que terá mais tempo, a realizá-lo....
Aladiah, seu rosto, seu gosto, qual será?
Sua bondade sei mas nunca se distancie, nunca diz Adeus meu querido.
Agradeço ao céus por saber que no mundo existe um coração aberto a todos os sentidos.
Sinto seu peso agora, sinto a necessidade que tem de se dar esse tempo tão precioso que precisa,
sinto sua ancia em respirar, sinto a sua dor, seu sangue corre puro nas veias, seu coração soa com fortes batidas em meus ouvidos...
Aladiah, eu o amo com todas as minhas forças.....

Meu querido
Seja realizado e lembre-se que em tudo existe uma sabedoria divina a que nos proteje e que nos conduz na terra para realizarmos nossos objetivos....

EU AMO MUITO VC MEU ANJO!!!!

SEJA FELIZ

PAOLA

Vanda disse...

Esta musica...
Porque é que mudar implica sempre alguma dor? Não é justo.
Segue esse caminho, e sê feliz!

Maria disse...

Espero, sinceramente, que este seja um momento de "Até Breve!" e não de "Até Sempre..." ou "Até nunca mais...". Porquê?! Porque gosto do que por aqui, neste cantinho, vou descobrindo.

Com fé num reencontro próximo deixo os votos de Boas Festas e um bom regresso.

Um beijinho, Daniel.

Nefertiti disse...

Daniel,
Não choro porque partes, pois sei que não será uma despedida!
Alegro-me, sim, porque tive o privilégio de te "conhecer"!
Não nego um certo aperto no peito neste momento... mas tu vais voltar!
Obrigada pelas palavras amigas com que me presenteaste!
Obrigada por existires e por partilhares os teus pedaços, a tua vivência, a tua paixão pela vida, o teu bem-querer implícito em cada palavra tua,...
Obrigada pelo bonito ser humano que és!
Um beijo e... até breve!

yatashi disse...

E sabes que cá estaremos à tua espera

Felicidades, Paz, Saude

Rose*

paper life disse...

Daniel, não terei sido das primeiras a acompanhar os teus Humores e prosa e poesia, mas com vários nicks fui constante desde q te encontrei e vais fazer-me falta.

Aguardo um reencontro.

Tudo de bom para ti.

Um beijo. M

H. disse...

Eu prefiro até já Daniel...
Eu espero o teu outro regresso. Renovado mas com a essência intacta!

*Feliz Natal*

Beijo Grande!*

Angel disse...

O quê?!!!!!!!!!!!
A terminar com o blog? Nem Pensar... Mas que mudanças??? Kal foi o bater de asas que abalou tanto essa estrutura segura e inabalável no que concerne
à tua sensibilidade??? Axas que podes deixar de presentiar dia a dia as pessoas, que embora nao saibam quem és verdadeiramente, admiram-te e esperam ler-te de modo a sentirem-se reflectidas em ti??!!!
A ediçao de um livro- boa aposta. Mas nao podes nem deves parar de escrever no blog. Este é o teu unico meio de te libertares dessa prisao em que vives, cheia de muros inabalaveis. Ao escreveres aqui tens a sensaçao que podes saltar os muros e podes ser livre, tu, sem mascaras, apenas tu e só tu... K o proximo ano te traga alento para continuares com a tua busca do "santo graal", com isto quero dizer: do teu eu mais profundo- tu sabes do que falo.
CONTINUA...
Bj TF

pinky disse...

fiquei triste por descobrir que partias, mas se precisas de mudança esse pode ser um dos caminhos.
espero continuar-te a lêr nos outros blogs e muito me deixava feliz se um dia visse um livro teu publicado.
Entretanto, e até lá, um beijo muito grande de felecidades, UM GRANNNNNNNNNNNNNNNNNNNNDE NATAL para ti e um melhor ano de 2006!

Leonoretta disse...

se fosse no inicio assustar-me-ia com a tua partida. mas agora sei que quando te vais de um lado apareces noutro e assim fico descansada porque sei que andas sempre por aqui.

feliz natal para ti daniel

MIN disse...

Dear Daniel, Feliz Natal e até sempre.