21 julho 2006

Sonhar diferente

Não é desespero, é cansaço…
Lutar sempre contra a prepotência,
que teima em estar à minha volta.
Desejo encontrar outro espaço,
que permita que a competência
deixe a imaginação andar à solta.

A insónia já brinca comigo,
estendendo os braços da loucura,
que me atormenta a razão.
E a verdade, de quem sou amigo,
não encontra uma alma pura
e vai dependendo da ocasião.

Continuo de traço optimista,
acreditando na felicidade
de caminhos novos, em frente…
E ainda que a esperança resista,
é preciso alimentar a vontade
de realizar um sonho diferente…

16 comentários:

poeta_silente disse...

Daniel
Mais uma vez eu me encontro no que escreves. Tentei ser imparcial, mas não consegui. Tentei postar um comentário, livre de subjetividades mas foi impossível.
Caro amigo. Caríssimo. Os que não sabem amar são prepotentes. Os que não sabem viver a verdade, são pequenos. E, infelizmente, só nos damos conta de quem são, tarde demais. Depois que, como artistas que somos, nos entregamos plenamente ao sentimento e à nossa verdade. Seja de que forma for. Seja como amigos, amantes, profissionais. Porque, em tudo, mergulhamos de cabeça, para que possamos sentir na pele, o contato da nova experiência. Em tudo, nos jogamos plenamente. E, aos poucos, com nossos sentimentos manifestados, sem temor ou repressão, não nos é dada a resposta na mesma proporção.
Mas seguimos em frente, como mesmo disseste. Sempre. De cabeça erguida. Porque somos únicos e especiais. Somos aqueles que vivem verdadeiramente.
Beijos de uma amiga distante, mas presente
Miriam

Sutra disse...

Mantém sempre esse traço optimista, Daniel, mesmo quando a insónia brincar contigo :-)

Bj doce

ps - parabéns pelo teu livro :-)

dreams disse...

é por isso que o meu mundo é feito de sonhos, que luto para que se tornem realidade...

viver, amar e sonhar sempre...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

p.s. fico à espera de ler o teu livro em setembro... apesar de ler-te há muito pouco, gosto da tua escrita

Loba disse...

Às vezes o sonhar exige muita vontade pra se realizar. Mas o seu poema diz bem, é preciso olhar pra frente e buscar novas realidades!
Um beijo grande, meu amigo!
PS. O livro deve sair no finalzinho deste mês ou principio do outro! Já estou terminando a segunda revisão e espero que seja a última! rs...

lualil disse...

Ás vezes sinto este cansaço.. mas sigo alimentando a minha esperança!
um beijo poeta!
saudades!

Su disse...

como gostei de ler.te.....muito....sempre

jocas maradas de a.mar

Alvaro Gonçalves disse...

Oi amigo,

Gostei!
"Continuo de traço optimista acreditando na felicidade de caminhos novos..."
É bom continuar o optimismo e sonhar, pois realizar sonhos é tarefa dificil, mas sem luta e optimismo nada se consegue.
Obrigado pela tua visita ao meu cantinho.
Aproveito para te desejar um bom fim de semana e uma semana cheia de luz em teu coração.

lazuli disse...

meti-me num táxi e encontrei um motorista que mudou há 10 anos de vida. Era bancário e um dia saiu para não mais voltar. Arranjou um táxi e a liberdade. Os livros e a música acompanham-nos nos momentos sem trabalho. Gosta de observar o ser humano nas mais diversas composições, e gosta da essência das coisas.
Saí dali com pena da curta viagem.
Mas basta mudar pequenas coisas, como o célebre efeito borboleta.

Beijos, Daniel

Leonoretta disse...

ola daniel.
em tres estrofes escolheste as palavras certas que geralmente definem o meu estado de espirito. a poesia é egoista: fala de quem escreve e fala de quem a lê.

abraço da leonoreta

ConchitaMachado disse...

Admiro imenso sua forma de escrever!
Seus poemas...
Creio já ter dito.
Voltarei sempre que possível.

Semana com tudo que mais desejar.
Beijinho
ConchitaMachado

JMB a.k.a. GIRASSOL disse...

acredita!

Kalinka disse...

OLÁ DANIEL
Tudo que escreve é belo, seja poesia ou o «Auto da Barca do Anjo»
Fico fascinada pela sua escrita.
Gostei de ler..."À procura de ser feliz", e agora «Sonhar diferente»
Sonhar é o principal, seja diferente ou não. Ainda ontem sonhava alto e dizia a uma amiga que sou uma constante sonhadora e ela respondeu-me que é bom sonhar, quem sonha raramente fica deprimida, mas...no meu caso, estou com uma depressão profunda há quase 4 meses, nem mesmo o sonhar...evita o meu estado depressivo.
Talvez seja cansaço, como escreve, além de algum desespero,quem sabe?
Lutar sempre contra a prepotência e tantas outras coisas que teimam em rodear-me...eu bem tento fugir para bem longe, mas...parece que não saio do mesmo lugar.
Beijokas com carinho.

meialua disse...

Os teus poemas continuam saborosos de se ler...

Beijinhos amigo*

Luna disse...

ainda que o sono se desvaneça, e tudo nos queiram tirar,o sonho esse sera sempre nosso, para a felicidade podermos encontrar.
beijocas

MIN disse...

Dear Daniel,
se não os podem vencer, junta-te a eles.
É bom ter a insónia como amiga... acredita!

Kiss

Silêncios disse...

Vou abusar e fazer parte desse texto, meu...e digo parte, pq de momento o optimisto não é assim tanto.mas hei-de lá chegar...acabo sempre por chegar...
Um beijo para ti