27 outubro 2006

Ser ou não ser








Porque tudo se joga no poder,
nos desejos sem satisfação,
cegos para o que vale a pena.
Acabamos doentes, a sofrer.
Perdidos sem saber a razão
desta vida, no fim pequena.

12 comentários:

LUA DE LOBOS disse...

enquanto andar tudo preocupado com o "ter" nunca mais se chega a "ser"
xi coração
maria

Laura Antunes disse...

Andamos na mesma...cansados e sem forças...porquê tanto cansaço?
Não sei o que fazer...tu sabes?
Beijo Laura

Leticia Gabian disse...

Daniel,
A vida é sim curta e a busca é imensa.
Precisamos viver muitas vidas até aprendermos a viver bem com aquilo que a existência nos oferece e com o que conseguimos com o nosso próprio esforço.
Como é complicado o viver!
Um beijo, do Brasil

imensa disse...

foi bom após ter lido o livro ter encontrado o blog do autor.fiz o percurso ao contrário.

beijo imenso

dreams disse...

a vida é sempre pequena quando não é vivida...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

Betty Branco Martins disse...

Meu querida Daniel

"Hoje sei que "sou" a esfera
e toda a vida, em fragmentos rítmicos
se move dentro de mim...

Beijinhos
BomDomingo

Silêncios disse...

Já vai sendo hábito fazer minhas as tuas palavras...

Silêncios disse...

olha, vim só corrigir a identificação.Agora já vai ficar correcta...quero manter-te por perto, doce Daniel

Anónimo disse...

Meu amor, resolvi visitar-te só para dizer que te amo muito!
Relativamente aos teus versos eu, mais do que qualquer outra pessoa, sei o quanto tem sido dificil para ti a busca do teu SER, do teu EU mais profundo...do teu rumo no mundo... Acredita, amor, que para encontrares as respostas, os caminhos, tens de entender duas coisas: o poder do consentimento e o propósito da felecidade. Mas antes de poderes saber essas coisas,deves conhecer o principio do Universo em si: a Vida É.
E no presente, este É somos nós e o nosso fruto que está quase quase a nascer...

bem, para uma primeira visita acho que escrevi demasiado!?

beijinhos queridos de NÓS

Teresa

agua_quente disse...

Importante é conseguirmos ser nós mesmos, independentemente da possível podridão à nossa volta.
Beijos

Cristina disse...

Querido Daniel,
O teu blogue anda muito parado, andas a prepar-te para ser papá?
:)
Um beijinhu

RealSmile disse...

A tão falada e conhecida ambição :) que seríamos nós sem ela..? não sei..
que somos nós com ela..? seres insatisfeitos
***