08 novembro 2006

Do meu diário (que não tenho...)



Eis-me chegado aqui. Recordo tantas alturas em que imaginava o futuro. Nada aconteceu exactamente como seria de esperar. Coisas boas e más aconteceram. Em todos os projectos fui genuíno. Mas sempre esperava o “golpe de asa angelical”.
Nada foi linear, mas antes uma luta constante que travei – e ainda travo – sem tréguas.
Sou dos moderadamente afortunados.
Procurei e procuro a diferença, ficando sempre aquém do possível, mas muito além do que seria espectável, dados os percursos que tenho feito.
Aprendi a ser mais tolerante, mais paciente e menos ansioso.
Tenho sonhos que demoram anos (às vezes muitos…) a concretizar-se.
Continuo jovem de coração, mas sei que amadureci o corpo (olha o eufemismo!), e já não terei muitas mais oportunidades para me renovar. Contudo insisto. Talvez reinvente a imortalidade (megalómano? Não! Liberdades poéticas…).
Há sempre algo novo, quando a vontade se esmera.
E, embora acompanhado, trilho uma solidão só minha, tal qual um peregrino errante em busca do santuário, que não se alcança, mas que a esperança mantém perto dos sonhos.

17 comentários:

Kalinka disse...

Olá Daniel

...Há sempre algo novo, quando a vontade se esmera...
gostei! Mas, meu Amigo, com uma depressão, onde está a vontade?
e, como será possível ela esmerar-se???
Enfim, não posso nem devo falar de tristezas, mas é assim que me sinto.
Sei que está prestes a ser Pai pela 3ª vez, que maravilha! Desejo que tudo corra bem com a Mãmã e o bébé. Beijos e abraços.

Betty Branco Martins disse...

Querido Daniel

A tua vida vai renovar-se pela 3ªvez - isso é maravilhoso!

"onde a flor é pura magia
máscara de seda já madura
encontrar-se contigo o amor
como maré dura
em azuis de sois
a explodir em ti - de doçura"...

Beijinhos com muito carinho

Um Olhar Sobre... disse...

Ué, já nasceu? Parabéns papás babados e os desejos das maiores felicidades para vcs e para o rebento.

Um beijo grande da Lina

Anónimo disse...

Uma mascote pequenina, de focinho triste e insaciado, caminha muito decidida sobre o texto que escreves, dirigindo-se sem dúvida para algum lugar. Não estarás também a trepar a página de algum caderno cósmico!? E tudo o que nos acontece não fará parte de uma mensagem que poderíamos compreender, se encontrássemos a perspectiva certa??
Não sei bem porque escrevo isto Amor mas, certamente, fará algum sentido dentro de ti!?

beijo caliente (lembraste?)

Teresa

Cristina disse...

Querido Daniel,
Existe sempre uma esperança
:)
Um beijinhu

Mnemosyne disse...

Suspensa nas palavras...sentindo-lhes os sons e os murmúrios...gosto da sensibilidade que aflora os teus dedos...gostei do eufemismo :) Um beijo Daniel

agua_quente disse...

A única forma de viver com esperança é esse constante renovar. Papá? :) Parabéns.
Beijos

poeta_silente disse...

Oi, amigo!
Se algum dia não existissem mais sonhos e esperanças, a humanidade perecería.
Ainda bem que ainda continuas a sonhar... com eufemismo ou não...rsrsrsrsrs
Beijos ternos a ti, à mamãe e ao futuro bebê.
Que Deus os abençoe.
Miriam

Anónimo disse...

Vim retribuir a tua visita ao meu blog e gostei muito. Um ar de nostalgia que nada combinaria com o nascimento do teu neném. Beijos ternurentos
Sonynha ( ternura Antiga)

damadeourosbr.blogspot.com

Alvaro Gonçalves disse...

Oi meu amigo,

Hoje quando aqui cheguei e ouvi tuas palavras senti uma forte tristeza interior, mas meu anjo, sorri, por favor, sei que por vezes é fácil falar, eu também tenho passado por alguns bocados maus e sei bem o que é estar assim e te digo: olha a luz que te tem guiado até aqui, olha as vidas que geraste junto da tua companheira, olha só a beleza que te rodeia e deixa que a luz entre nesse teu doce coração.
Obrigado pela tua amizade.
Aproveito para te desejar um lindo fim de semana e uma semana cheia de luz em teu coração.
Xi - corações mil.

Silêncios disse...

Bem haja a tua liberdade poética, doce Daniel...

Daniela Mann disse...

Emocionei-me!
-----\\\\|//-------
------( @@)-------
---ooO--(_)--Ooo—
Bom fim-de-semana

Micas disse...

A vida está sempre em constante renovação ou estariamos mortos...

Depois de uma ausência tecnicamente forçada estou de volta e, já consigo entrar nos blogues e comentar!! por isso vou por a leitura em dia.

Papá?? Felicidades ao bébé e aos papás :)

Beijinho e bom fim de semana

Paola Vannucci disse...

Meu amado Aladiah,

Parabéns, pelo nascimento de mais uma vida, esperança sempre existe, pois já nasceu seu filho...... parabéns....


Te amo

Paola

Cristina disse...

Bom dia de S. Martinho
kisses
:)

Paola Vannucci disse...

vc precisa ir no meu blog hoje

beijos

sua opiniao é importante

http://pvannucci.blogspot.com

Irene disse...

Como me revejo nestas palavras!!!
O importante é manter a vitalidade dos sonhos... e é tão bom o corpo amadurecer e perder amarras!