13 abril 2007

Portador da luz






Foto: Miguel Afonso





Tenho lutado. Agora vou esperar.
Estarei atento. Continuarei a acreditar.
Fiz escolhas. O amor sempre brincou comigo.
O acaso guiou os meus passos.
A minha vontade vai sendo satisfeita.
Mas continuo a percorrer as sombras.
Talvez seja essa minha missão.
Tremeluzir, com medo da escuridão, da ignorância.
Ser marinheiro sem viagem…

20 comentários:

Lindona disse...

A nossa luta é constante não acredito que consigas ficar parado e... esperar.

Que consigas alcançar aquilo que mereces.

Entre linhas disse...

A vida é uma luta constante de conquistas de objectivos a realizar no percurso da longa estrada da vida.

Bom fim de semana

Bjs zita

CM disse...

Tenho a leve impressão que as sombras também me acompanham...

Daniel, para ti um beijo

elsa disse...

Este teu post fez-me lembrar EU... A escuridão... o medo.. a MISSÂO... todos temos uma e mesmo que o medo não deixe seguir em frente... a luta é constante. Não esperes... luta!
um beijinho

collybry disse...

Não fiques muito tempo parado, pois o tempo corre a passos de gigante, se não podes correr...
anda mais devagar, mas... jamais pares, no dobrar da esquina avistarás a meta da realização...
meu bjo e meu rasto________________
Cõllybry

Solitária disse...

Obrigado pelas palavras que me deixaste e sei que tens razão!!
Quanto a este post, parece que me identifico bastante com isso...sombras...escuridão...
Enfim!!
Votos de um excelente fim de semana e parabéns pelo blog, gostei muito e vou voltar!!
Beijinhos

Miosotis disse...

Oiço o álbum The Coors - Unplugged e chego aqui e vejo o vídeo do mesmo?!
Estranho acaso...

'Everybody hurts' é uma canção linda! Lembro a interpretação dos R.E.M. ... entre as duas é um pouco difícil, mas mesmo assim, vou para R.E.M.

A vida é continuadamente uma luta pelas escolhas e pelo q a vida nos vai reservando...

Mt sensibilizada pelo poisar de teu olhar em meu espaço!

Faço votos sinceros q te entregues ao amor!
Bom f-s! bjs

leonoreta disse...

tal como eu tinha previsto.
o comentario do outro dia nao entrou.

as escolhas. a atençao ás escolhas. e contudo nada corre como se tinha planeado.

abraço da leonoreta

collybry disse...

Olá de novo, lamento muito que não tenhas podido abrir o olharindiscreto,tentei mudar o que me dizes, o que agradeço a dica, não sei se consegui mudar...não entendo muito bem destes códigos...
grata e meu beijo,

sonhadora disse...

Uma semana cheia de sonhos lindos.
Beijinhos embrulhados em abraços

un dress disse...

sombras e luz: vai por ambas...*

meialua disse...

Amigo não esperes, caminha ainda que devagar.
Por vezes a luz está ali mesmo.
Só que nem sempre a conseguimos ver.

Beijinhoooooo*

Cristina disse...

Querido Daniel,
Continua a acreditar sempre!
Adoro esta música, dá-me arrepios, e muitas memórias lindas
:)
tem uma boa semana,
beijinhu

P.s.
Lembra-te que "everybody hurts sometimes", mas depois tudo se encacha
:)

paula disse...

Que lindo aquilo que escreves... Retenho uma frase do post anterior e tenho de a repetir , porque é tão certa : " O amor é a única razão que justifica a vida ". E tu , já percebes que eu sigo essa frase...
Obrigada pela tua visita e carinho em palavras . Passarei a vir até aqui, porque gosto da tua escrita, da tua sensibilidade e poesia em cada palavra.
Gosto de pessoas que escrevem assim, entregues aos sentimentos .
Voltarei .
Paula.

cris disse...

Quando menos esperas (que doce e terna surpresa!) encontras um porto de abrigo e aportas.
Não te vejo (pelo que leio de ti) sem viagem...

Beijo, Amigo,

Cris

sonhadora disse...

a noite ao cair envolve tudo e os sonhos acariciam o meu corpo de cetim.
Beijinhos embrulhados em abraços

Conguitos disse...

Também brincou comigo auilo que se diz ser o amor mas... vou esperar... vou conhecendo-me melhor... afinal é a minha vida e eu tenho e de saber aproveitar :) Tenho de conseguir.
É missão???

Ana disse...

Há o tempo de lutar e o tempo de esperar. Por escolhas ou acasos, a viagem tem de ser guiada pela luz da esperança.
Gosto de te ler, Daniel.
Um beijo.

Kalinka disse...

Panadinhos de porco
Saladas e calamares
Gostei de ouvir recitar
O Orca do Sete Mares

Lombo de porco assado
Trouxe-me azia e ais
Conheci ontem
o Alexandre dos Sais.

Vindo do Céu
Chegou o Crystalzinho
Trouxe a Lua de Papel
Oh, o Henrique falou e disse
Lendo o seu pergaminho
A mania do «coitadinho»
Neste País cheio de fel.

Conversas animadas
Tarde ensolarada
O Jo na tesouraria
Não esquecia nada.

Gargantas afinadas
Maestro concentrado
Conservas variadas
Leite creme e folhado
O coro terá mostrado
Suas noites de ensaio
Vozes límpidas e fortes
Muito nos agradou
A Alice declamou
Poesias várias, que
A todos encantou.

A Sonhadora fazia
A sua reportagem
A Júlia sorria
Feliz com as suas causas
Sempre cheia de coragem.

Historinhas da Hilda
Uma história nos contou
Um nobre sentimento
A todos nós, tocou.

Assim foi o «nosso jantar» da Primavera.
...também eu continuo a viver envolta em sombras...muitas delas terríveis; não consigo fugir desta minha sina.
Beijos e abraços.

Lia disse...

Todos somos portadores dessa luz, mora bem dentro de nós...
A vida não faz qualquer sentido sem amor, por isso andamos sempre à procura dele, mesmo navegando sem rumo, até um dia...

Um beijo