07 novembro 2007

A Viagem VI

Foto de Mel Gama

A libertação pode ter plano, mas nunca é absoluta, a não ser que queiramos pôr tudo em causa, acabando por nada ter e, por consequência, nada ser. Descobri que há níveis que temos de ultrapassar no caminho da liberdade. Em cada um, há que estudar a “cela” e ir preparando a “fuga”. Podemos ir sós ou acompanhados, tudo depende das circunstâncias e das pessoas. Por isso se fala em ser a pessoa certa no local certo e no tempo certo. Conjugar estas três realidades, nos nossos desejos, não é tarefa fácil e, mais das vezes, somos ultrapassados pelos acontecimentos, vendo-nos em situações de todo inesperadas.
Desejo espalhar a mensagem de que tudo tem um ciclo próprio. É-nos dada, às vezes, a oportunidade de ter mais do que um ciclo, tanto na vida amorosa como na vida profissional. Tornou-se, aliás, quase uma obrigação que, como tudo, tem coisas boas e coisas más. Estamos sempre a mudar, não deixando de ser quem somos. Já viram as ruas? Os céus? Tanta gente a mudar de sítio por todas as razões que consigamos imaginar. Como se a vida fosse um filme em que percorremos, sem parar, fotogramas intermináveis, procurando um fim “feliz” para um enredo que tem um pouco de tudo: comédia, drama, terror, suspense, amor, guerra, alegrias e tristezas, com sobreposições de imagens, desvarios estéticos, e tudo sem finalidade conhecida… até que a fita parta, seja cortada, ou saltemos fora da projecção…
A salvação estará no sorriso do outro, na comunicação, no amor…

30 comentários:

Sophiamar disse...

A libertação absoluta é uma utopia a menos que queiramos correr o risco de viver na solidão.
Beijinhos

Micas disse...

Devemos aceitar as coisas más como fazendo parte da nossa evolução como ser, esse é um dos caminhos para a felicidade, e a tua última frase é a prova disso ;)
Beijo

impulsos disse...

Todos desejamos essa libertação.
Talvez seja por isso, que tomamos tantas decisões(algumas bem complicadas) ao longo da caminhada da vida.
Nunca estamos satisfeitos e desejamos sempre mais e melhor... puro engano!
Mas vamos continuando sempre na direcção que nos parece ser a mais acertada, rumo à tal libertação.
Talvez seja uma ilusão...
Raros são os que lá chegam um dia.

Beijo

lucia disse...

aceitar, é um grande passo.

Querido Daniel,
um beijo

*

Leonor disse...

ola daniel
ando ausente mas la vou visitando os amigos.
os druidas sabiam desta filosofia. eles eram sem nada ter. a nao ser serem mais um elemento da natureza.
complicado. sublime
beijinhos

NARNIA disse...

Daniel
Temos que "trabalhar" o Desapego e a� tudo se torna mais simples...

ana maria costa disse...

AMIZADES - este é um pedido do coração - A SOLIDARIEDADE EM ACÇAO E A LITERATURA EM CIRCULAÇÃO

A EDIUM EDITORES, http://ediumeditores.blogspot.com/

com cerca de 80 títulos publicados, prestes a fazer dois anos que iniciou sua actividade, vai editar um livro meu, prosa, «Salvador, o Homem e Textos InConSequentes».
É uma editora pequena, mas esforçada na divulgação da cultura.
Tem publicado autores não muito conhecidos e jovens autores, o que, à partida não garante grandes receitas, ora sendo o objectivo maior a divulgação da literatura tem na mesma que ser rentável senão ...morre .

Asim o seu proprietário, agente directo em todas as fases do processo, pretende promover a venda on-line, no futuro.
Para já, para garantir a cobertura dos custos, ensaiou esta modalidade que vos proponho:

Quem quiser pode (POR FAVOR LEIAM E RESERVEM SEM PROTELAR SENÃO ESQUECEM) fazer uma pré-reserva do número de livros que se propõe adquirir, para:
ediumeditores@gmail.com
Valor da capa: 10,00€/livro
Nº de pág. + ou - 80
Serão convidadas/os,via email e moradas, os que detenho, para apresentação do livro no início de Dezembro.
Quem fizer pré-reserva e pagar por cheque ou transferência bancária (acordar com o Editor- ver site acima referido) fica isento d os custos dos CTT OS QUAIS , COMO SABEM, SÃO BEM GRAVOSOS.

Agradeço que quando fizerem as vossas pré-reservas (muitas) - lembrem-se das prendinhas de Natal - ao enviarem o email ao editor me enviem o mesmo email em:c.c.
Fazemos trabalho conjunto.
« S inopse: de «Salvador, o Homem e Textos InConSequentes»

O livro pode ser decomposto em duas partes, das quais,«Salvador, o Homem» abrange cerca de um terço.
Mais próximo da novela do que do conto relata a experiência de Salvador ao descobrir o fantást ico que a vida encerra e que o mundo é muito mais do que o que vemos no dia a dia, assim como nele, enquanto ser humano,existem dimensões inexploradas, até ignoradas que ao descobrir e as integrar no seu todo alteram sua vida e de todos ao seu redor.

Os textos restantes enquadram-se mais no conceito americano de short-stories e diversificam o leque de leitura de uma forma que cremos será de vosso agrado e que o próprio título vos permite intuir a existência d nexos, aparentemente inexistentes.»

Minhas e meus amigos, nesta hora de "parir" mais uma cria conto convosco.

Desejo uma boa semana e P.F. divulguem esta informação pelos vossos contactos pois poderá haver pessoas eventualmente interessadas.

Bj

Luz e paz em vosso caminhar e ao vosso redor

Conceição Paulino

Bia disse...

Um excelente retrato sobre o que é VIVER! Acredito que a sabedoria esteja também em aceitar cada ciclo com suas nuances e tentar se adaptar a elas buscando aprender as lições que estão aí para serem incorporadas nos ciclos posteriores.

Ficam pétalas perfumadas, um beijo no coração e o desejo de um lindo e ensolarado domingo.

poeta_silente disse...

Olá, Daniel.
Em vista do tema do teu post, sou direcionada a responder-te passo a passo e voltada para a área espiritual do ser humano.
1- "A libertação...nunca é absoluta": enquanto vivemos aqui, neste corpo. Mas já podemos ter uma espécie de "amostra" do que é a verdadeira libertação, se nos entregarmos aos cuidados de Deus e O elegermos como Senhor da nossa vida. Porque? Porque Deus nos liberta. O mundo nos escraviza. Porque digo isto? Se pensarmos bem, a vida afastada de Deus nos é extremamente escravagista. Pois vivemos em busca da felicidade constantemente, mas procurando em coisas que nos escravizam, com a falsa promessa de liberdade, de satisfação, de hedonismo. O que nos escraviza? A busca por sexo desenfreado, a busca da satisfação sexual plena, independente do amor; a busca e a satisfação através dos vícios - (quer maior escravidão?); a busca pelo poder financeiro - (quer mais escravidão do que viver em busca do enriquecimento, para podermos ter poder e aparentarmos uma boa vida?), etc.
Já, se nos entregarmos a entender que nossa área espiritual deve ser entendida e construída... que o amor recebido e doado, desde que sincero e completo nos faz encontrar a verdadeira paz e felicidade, e a libertação é certa. Somente não é plena porque vivemos em um corpo material.
Quero esclarecer, aqui, que o sexo é sublime e lindo, quando entre duas pessoas que se amam profundamente - e vêem, nesta entrega, o complemento de seu amor e de suas vidas.
(Continuarei com outra janelinha.)

poeta_silente disse...

(...continuando):
"Estamos sempre a mudar, não deixando de ser quem somos".
Com certeza, estamos sempre a mudar. Pois para isto estamos aqui. Viemos para poder crescer, nos aperfeiçoarmos, sermos polidos, para virarmos um cristal brilhante. Passarmos pelo fogo, para sermos moldados em metal precioso.
Temos nosso ciclo próprio, sim. É o nosso tempo, a nossa vida. E esta vida nos permite alcançar níveis de sabedoria necessários para a próxima etapa.
Mas... que lástima. A maior parte das criaturas preferem ver nesta vida a oportunidade de satisfação imediata de desejos, satisfação imediata de poder... sem perceber que estão interferindo na liberdade do próximo. Se a nossa satisfação interfere na liberdade do próximo, se magoa, destrói... não é verdadeira. Pois se fomos criados à imagem e semelhança de Deus, que é amor, então somos 'amor". E o amor não fere, não magoa, não prejudica. Ao contrário. O amor é paciente, encorajador, estimulador de crescimento e sabedoria. O amor não maltrata.
Baseada nisto, então todo aquele que não vive desta forma "pensa" estar se satisfazendo... mas, na realidade, o vazio se infiltra, cada vez mais, em seu interior. E a busca pelo preenchimento deste vazio o leva a busca mais e mais - cada vez mais, em coisas que não são o que, realmente, vão dar a plenitude. Este círculo vicioso se estabeleceu no nosso mundo... e ele se perdeu. Os homens se perderam. Quiseram mostrar-se capazes de viver sem seu Criador, e eis que o caos se fez presente.
E... terminas com a verdade:
A salvação está nos sorriso do outro (seja quem for... no sorriso do nosso próximo.. que é todo aquele que cruza conosco no momento que estamos vivenciando), na comunicação, na fidelidade a uma vida de amor. Aí está a salvação. E aí está a libertação.
Deus te abençoe.
Beijos
Miriam

Ana disse...

"Tudo tem um ciclo próprio."
...
"A salvação estará no sorriso do outro, na comunicação, no amor..."

Sigo a tua viagem. O ciclo prossegue e a salvação é sempre a mesma.
Deixo-te um beijo com amizade, Daniel.

Su disse...

gostei de ler.te

gosto de ler e reler

jocas maradas de palavras..tantas

Vênus disse...

Meu querido amigo.....Tantas mudan�as, tantas transforma�es mas vc continua am�vel, sens�vel...
Obrigada por caminhar comigo todo este tempo de "storm"...Kiss

RealSmile disse...

A liberdade é algo de tão complicado.. como tu tem o seu senão, as suas limitações, condições e tudo o mais... bonito texto como sempre :)

..sorriso tristinho sim... mas passa.. como tudo :)

eu depois volto

***

RealSmile disse...

.. como tudo* tem o seu senão.. (já ando a comer sílabas :P)

lina disse...

Olá Daniel,

Por voltas e mais voltas que a vida dê procuramos todos o mesmmo.

Quanto aquele olhar, ainda bem que está num cartaz de uma escola, imagina se tivesse ido parar a outras bandas, já viste bem? eheheheh

Beijinhos

JRL disse...

Olá, Daniel,
Boa reflexão... beijos

Vênus disse...

Olá....Tem um desafio no "Storm" para você! Beijos! Te espero!

Light disse...

Meu querido Daniel,nem sempre a salvação se encontra no amor,por vezes é a nossa Morte...mas concordo,estamos sempre em plena mudança,mantendo-nos fieis a nós ,só a nós....

:)

un dress disse...

a salvação está nas pequenas coisas do dia a dia...:)





beijO

Vera Carvalho disse...

Eu também sigo essa viagem e protagonizo um filme. De momento o cenário não é o ideal, mas eu faço parte dele e mesmo resignada aceito o meu papel.E é por aqui que eu ando Daniel mas tentando encurtar as distâcias...
É sempre um prazer visitar o "Humores" constantemente renovado.
Parabéns Daniel.
Um abraço.

Betty Branco Martins disse...

Querido Daniel

___________há mais do que mera grandeza nesta visão de vida______________por mais sombria e fria que ela possa parecer___________há algo de profundamente refrescante no facto de olharmos de pé____________de rosto erguido_____o vento forte e cortante do entendimento:_________os ventos que sopram pelos caminhos estelares________...

"A salvação estará no sorriso do outro, na comunicação, no amor"

__________tudo isto faz parte__________daquele__________entendimento

Beijinhos com muito carinho
BSemana

RC disse...

"Fotogramas intermináveis..."

Xi.

*©õllyß®y disse...

A liberdade é respeito por nós e pelos outros...a liberdade que se fala é utópica em físico e Espírito, porque há sempre
alguém acima de nós, e dependemos sempre de algo
Ou alguém…

Tem 2 presentinhos aqui__________
em meu rasto,

Bjca doce

Bia disse...

Não encontrando nova postagem, deixo-te algumas pétalas perfumando tua tarde e um beijo no coração.

paula disse...

Que todos os teus caminhos sejam luminosos e que sejas sempre fiel à beleza e lucidez que existe dentro de ti .
Admiro-te muito e compreendo-te profundamente .
Muitos beijos ,
Paula .

indie girl/gerinha disse...

sem sombra de dúvida ;)

pinky disse...

doce daniel, sempre sábio nas palavras!
este e o tempo da libertação, da mudança, de questionar e de mudar, peixes largou-nos e aquários está aí para nos por a questionar, a pensar, a revolucionar.mas sim, quem segue o caminho do amor, da partilha e da aprendizagem sem preconceitos vai voar! this is the time! either we take the flow or we don´t!
beijos enormes a essa alma sábia! e sempre presente!

Mary disse...

De Viagem em Viagem...
Onde não há´"círculos" perfeitos mas importa acima de tudo -continuar!
Um Abraço,
MJM

Blueshell disse...

Regressei...de vez...acho!
Um beijo azul cristalino...
BlueShell