01 março 2009

Ser feliz...

Trabalho de Miguel Silveira


Sentir o amor a explodir no peito.
Olhar e ver. Saber que construímos.
Chega? Não, ainda há tanto para fazer.

As necessidades continuam a ser muitas.
Todos temos tanto que cuidar e amar.
Sejamos satisfeitos e insatisfeitos…

Assim conseguimos o equilíbrio.
Não há depressões sem pressões.
No amor não há que ser avaro.

Ainda não fizemos o suficiente.
Mas o caminho trilhado é seguro.
Só o amor justifica a vida…

16 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

também concordo, só o amor justifica a vida.

um poema muito coerente além de estar bem construído.

Bom domingo

beij

Eli disse...

E quando dá vontade de desistir?

...

:)

impulsos disse...

A felicidade é a meta que todos desejamos alcançar.
Por isso, vamos trilhando caminhos, alguns nem vão a lado nenhum... outros levam-nos por sinuosos atalhos, pondo-nos à prova em situações de limite.
Mas a esperança leva-nos a recomeçar de novo, quantas vezes forem precisas, até encontrar o caminho certo da felicidade, que mais não é do que instantes em que a nossa alma é inundada por uma sensação plena de prazer e tantas vezes nem lhe prestamos a devida atenção...

Belo poema reflexivo este que aqui nos ofereces, meu amigo!

Beijo

Alvaro Gonçalves disse...

Danel,

Meu amigo querido uma vez mais trazes a nós o amor como a essencia da própria vida, obrigado por mais este carinho tão maravilhoso.
Xi - corações mil

Anjo De Cor disse...

O amor é o motor da vida, faz-nos ter força, dar sentido, acreditar ... ;)
Belo texto ;)
Bjs**

loba disse...

A felicidade é nossa busca maior e a gente sempre a coloca como quase inatingível. Quase sempre está tão perto, né? Basta amar!
Beijo, Daniel! É sempre muito bom te reencontrar!

Arabica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Arabica disse...

Olá, Daniel, boa noite!


De tantas cores se veste essa Maga, a felicidade...!

Procura-la em gesto de amor e de verdade, será sempre a maior realização.


Um beijo, boa semana.

Anónimo disse...

"Sejamos satisfeitos e insatisfeitos..."

O reconhecimento do que se construiu.
A não acomodação, pois há muito o que se construir.

Parece quase uma receita para a felicidade.

Muito bom!

Beijos, carinho,
AdéliaTheresaCampos

Sandra Daniela disse...

Muitas das vezes falo em gratidão... E é aí que peço o suficiente: - Todos os os pequenos gestos de Amor, são suficientes para nos sentirmos Gratos pela Vida!

Mas vou sempre pedindo mais... porque afinal há sempre a Esperança de podermos dar mais aos outros e sem termos que pedir nada, recebermos mais amor também!


Já alguma vez te tinha dito, que gosto dos teus poemas? :-))

Beijinho

andorinha disse...

A única conclusão ... só o amor justifica a vida. A eterna viagem.
Um beijo para ti.

Vera disse...

O amor (verdadeiro) justifica tudo!
Lindíssimo o teu poema Daniel!

Beijo grande

Fragmentos Betty Martins disse...

._______querido Daniel



de facto




.o________amor

tudo pode



com a sua


.força




_______poder absoluto







_____________///







beijO_____ternO

Mariz disse...

Daniel

Deixa-te ir ao sabor da vida. Não faças previsões, porque senão elas podem não se mostrar assim tão eficazes. A eternidade sabe bem cuidar de ti e de quem pretendes que faça parte do teu caminho, porém, deixa o laço largo, para que os movimentos possam ser mais libertos - penso que me entendas.
Não te dediques a uma, duas ou 2 pessoas que dizes amar. o AMOR não sofre ciclones!, O AMOR é a VIDA que pulsa em ti e como ela poderia tomba por uma rajada, abalar-te, ou melhor...abalar-SE?!

Deixo-te o abraço de sempre e a minha mão firme para o que desejares.

Sempre..
Mariz

Ah! Peço permissão para escrever um ou 2 versos teus, para o post que estou a construir ainda. - e é claro que não digo de onde vieram

poeta_silente disse...

Daniel!
Com certeza não fizemos o suficiente. Pois nunca é demais distribuirmos amor. O equilíbrio está no excesso, neste caso. Pois quanto mais Amor distribuirmos para todos, mais nos completaremos e mais viveremos sem "pressões".
Bela poesia!
E verdadeira.

Saudades
Deus te abençoe
Miriam

Mariz disse...

Salvé Daniel
Ainda bem que percebeste. É para todos/as...onde me reconheço...sofrendo em momentos vossos e meu.

Sempre...
Mariz