15 junho 2009

Incerteza

Foto de Alice Cachada

E tudo vai correndo,
mais depressa, mais devagar,
como se nada tivesse fim…
Não temo e estou tremendo,
sem saber o que vou realizar,
o que irei transformar em sim…

Procuro uma paz inexistente,
uma certeza, não infundada,
de que tudo tem um sentido…
Também com a verdade se mente,
tanto se coloca e retira a escada,
como se encontra por estar perdido…

11 comentários:

Fragmentos Betty Martins disse...

._________querido Daniel






o Senhor diz:


___________liberta-te e encontrarás a paz


...


as tuas palavras


é uma viagem_________[...]



___________///






beijO_______ternO
bSemana

© Piedade Araújo Sol disse...

D.

todos procuramos paz.

o teu poema é uma especie de oraçao.

gostei de ler-te.

um beijo

Ana disse...

Procurar a paz é já uma forma de a encontrar.

Um beijo, querido Daniel.

Arabica disse...

Somos nós que damos sentido a todos os encontros, somos nós o provável sim do fim do caminho...

Um abraço, Daniel.

leonoreta disse...

será sempre o tempo a passar sem pena de´quem está e a escolha....

quanto ao meu sítio... é mesmo a sensação de poder, de brincar aos deuses. Mas só de brincar e até eles já sabem disso.
beijinhos

MeiaLua disse...

Olá amigo!! :)
Lembras-te de mim?
Quanta saudade de te ler... :)
Vim dizer que estou de volta :)
(conforme o tempo me for permitindo...)mas a pedido de várias famílias ou seja vocês :) e como também já tinha saudades... cá estou eu! :)
Beijokas*

Porcelain Doll disse...

Nada tem fim... aquilo que é bom e seu perdeu, de certo voltará... aquilo que é mau, de cert se transformará... tudo tem um sentido; faz parte de uma intrincada e complexa rede de causas-efeito, demasiado elaborada para pertencer à obra do acaso...

Tudo é mentira, tudo é ilusão... e o que é num momento, pode deixar de o ser no momento seguinte, porque nada é realmente, nada existe...

Beijinhos!

Mariz disse...

Salvé queido amigo

lha mais por TI!
Não te percas!

Desculpa a ausência mas a net, e alguns achaques me o impediram

Abaço-te no solstício que se inicia

Sempre
MAriz

Lua Erótica disse...

A paz existe e tu hás-de encontrar a tal escada ;)

Beijo doce

Fragmentos Betty Martins disse...

.___________querido Daniel





um______:=)







beijO______ternO
bSemana

Anjo De Cor disse...

Excelente como sempre, todos procuramos a paz, será que existe?... eu penso que existem momentos de paz que devem ser aproveitados ao máximo ;)
Beijinhos*