05 maio 2011

Ser

Foto de Margarida
Surgem palavras lidas,
que alicerçam ideias
para que mudem os actos.
Tantas vidas esquecidas,
que fazem as almas cheias
da criação de novos factos.

Somos o que pensamos,
nossos medos e amores
numa perene miopia.
Sem saber para onde vamos,
carneiros de outros humores,
arrastamo-nos em cada dia.

Urge tomar consciência
do que o eu é e procura
neste mundo tão pequenino.
Somos infantes na ciência,
luz pequena em noite escura,
liberdade e não destino.

5 comentários:

Fa menor disse...

"Somos o que pensamos" sempre míopes...

Tomei consciência.

Bjins

Ana disse...

A liberdade de ser. Luz que brilha iluminando a noite.
Um beijo, Daniel *

Sandra Daniela disse...

Somos apenas uma partìcula deste enorme cosmos! E tens razão... Somos aquilo que pensamos! Esforço-me todos os dias mais um pouquinho, para que o pensamento seja sempre positivo... Beijinho

poeta_silente disse...

Daniel.
Devemos, sempre, procurar ter consciência de quem somos. Só podermos ser felizes se tivermos esta consciência.
Almas cheias... de tranquilidade, pois conhecendo-nos, saberemos o que fazer e para onde devemos direcionar nossa caminhada.
Abraços
Deus te abençoe.
Miriam

PRECIOSA disse...

Nossa que lindo!
Me encantei com esse espaço tão cheio de ternura
Te sigo com carinho
Aqui estarei sempre a visita-lo

Tenhas um final de semana regado de muito amor
Preciosa Maria