30 maio 2011

...

Foto de Judith Tomaz
Há dias escuros, muito escuros, em que tudo parece ruir...
Há noites de luz, muita luz, em que tudo parece renascer...

3 comentários:

Fa menor disse...

E é preciso renascer...
deixar para trás o escuro
deixar brilhar a luz.

Bjos

Sandra Daniela disse...

Esses dias escuros, são os desertos que temos de passar... Para sair deles cheios de força interior... Que temos de procurar no nosso interior!

Um beijinho

Miosotis disse...

Oh! Sim,... tão autêntico o que aqui 'desabafaste'!
A noite é quase sempre redentora...

Um beijo querido amigo
(de tão longa data!)